EXISTIMOS PARA O SERVIR

EXISTIMOS PARA O SERVIR
EMMÉRY MACEDO - COMERCIAL - NIF 2405252392

ADVERT

DEIXE QUE ALGUÉM AQUI, AJUDE-LHE A ENCONTRAR A MELHOR SOLUÇÃO...

SERVIÇOS DE QUALIDADE À BAIXO PREÇO...


Saturday, 3 November 2012

Conferência Internacional sobre Energia - Melhor distribuição de energia eléctrica

O secretário de Estado da Energia anunciou, em Luanda, na Conferência Internacional sobre Energia, a reabilitação e modernização em breve de todas as redes de distribuição de electricidade das capitais provinciais.

O Executivo, disse Joaquim Ventura, prevê a interligação dos sistemas eléctricos Norte-Centro e Sul e a operacionalização do sistema Leste. O Executivo, referiu, elaborou um programa de execução de projectos estruturantes que prevê a operacionalização de 5.000 MW até ao ano de 2016, a electrificação de 82 sedes de municípios, de 271 sedes comunais e a reabilitação e modernização de todas as redes.

Devido à expansão do sector eléctrico, declarou, é preciso garantir que todas as instalações, após a entrada em funcionamento, sejam mantidas por técnicos habilitados que garantam a vida útil de equipamentos e instalações.

“Este desafio representa elevados investimentos, mas acima de tudo a importância de termos disponíveis técnicos habilitados a coordenar todas as empreitadas de forma a garantir o funcionamento das instalações a reabilitar ou a construir nos vários segmentos do sector eléctrico”, disse.

A intenção, acentuou, é ter um sector eléctrico com qualidade que ofereça segurança em padrões internacionais.

O país, recordou, está numa fase dinâmica de crescimento e aposta, cada vez mais, na diversificação da economia, que constitui um desafio para o sector da energia como factor de desenvolvimento. “Deve colocar-se mais a energia eléctrica disponível em quantidade e fiabilidade para permitir que outros sectores da actividade económica se desenvolvam”, referiu Joaquim Ventura.

O secretário de Estado pediu às Universidades e a todos os estabelecimentos de ensino que ajudem o Ministério da Energia e Águas na execução de projectos do Executivo. “Precisamos da criatividade e de ciência para formar técnicos que correspondam às exigências e padrões de qualidade requeridos pelo sector eléctrico e formação de especialistas que nos ajudem a depender menos da força de trabalho estrangeiro”, salientou. Joaquim Ventura referiu ser importante dominar o mercado internacional de petróleos para se obterem mais benefícios e acautelarem-se projectos que tenha em atenção a protecção de ecossistemas sensíveis e vulneráveis.

O vice-reitor da Universidade Católica de Angola reconheceu os esforços do Executivo de aumentar e melhorar o sector energético e afirmou que “a energia é dos critérios mais importantes para determinar o nível de desenvolvimento de qualquer país”.

Jerónimo Canhinga referiu a importância da realização da conferência como instrumento que vai ajudar e indicar caminhos mais fáceis para a melhoria do sector da energia. O coordenador do núcleo de energia da mesma Universidade, José de Oliveira, declarou que tem de haver mais investimentos no sector da Energia para resolver os problemas do sector.

Deve investir-se mais na produção, no transporte, na distribuição e na comercialização, disse.

A conferência, organizada pelo Centro de Estudos e Investigação Cientifica da Universidade Católica de Angola, tratou de temas relacionados com “o mercado internacional de petróleo”, “pré-sal angolano”, “aspectos ambientais da nova refinaria do Lobito” e “estudos de impacto para os parques eólicos”.



No comments:

Post a Comment

My photo
Luanda, Angola
Consultoria e Prestação Serviços powered by Emméry Macedo - Engenheiro Eletrotécnico, BTECH, BEST CUM LAUDE, pela Durban University of Technology (DUT), Galardoado pelo Institute of Professional Engineering Technologists (IPET), Bacharel em Ciências Matemáticas pela Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto de Angola, Professor de Matemática e Física pelo IMNE- Garcia Neto, Professor de Electrόnica de Potência da Universidade Metodista, membro do IET - Institution of Engineering and Technology MIET nº 91651226, membro da Ordem dos Engenheiros de Angola OEA nº 2924, com certificação em ETAP, SKM, HV Switching, SAEP, etc...

Consultoria num click....